terça-feira, 23 de dezembro de 2014

E na época marcada... o tempo da vida... acontece sempre assim...

 

*** E na época marcada... o tempo da vida... acontece sempre assim...

O ano que está se preparando para partir foi um ano onde vivemos muitas surpresas...
Aconteceram tantas coisas boas e realizamos outras tantas...
Tivemos alguns obstáculos... esbarramos em algumas desilusões... e no final deduzimos que a vida é sempre assim......

Um dia um belo sol... em outro... muitas chuvas de tempestades...
Um dia um novo amigo chega de mansinho tomando posse do nosso coração... em outro um velho amigo parte de repente deixando aquela saudade...
+ em nossa vida devemos cultivar só os sentimentos bons...
Amor... Amizade... Alegrias... Saudades... Sonhos... Desejos... Esperança... Solidariedade...
Vamos crer o que está prestes a chegar será muito bom... pois só depende de nós...
De mim... de você... dos nossos sonhos tão sonhados e desejados... da nossa sabedoria... da nossa esperança... da nossa fraternidade... da nossa solidariedade...
Vamos usar nossas experiências em favor de um mundo melhor... pois se aquele nosso desejo não se realizou não vamos cultivar tristezas... talvez não fosse aquela a hora certa...
Certamente muitos outros foram alcançados e nos fizeram sorrir de felicidade...
Vamos aprender a perdoar e também pedir o perdão...
Vamos olhar um novo horizonte com o olhar do Amor Universal...
Vamos desejar milagres e acreditar no seu acontecer...
E com o amor plantado nos nossos corações vamos acreditar que 2015 será um tempo de muita PAZ...
Vamos amar muito + e nos fazer muito + amados...
Para todos nós e para os que vivem nesse mundo vamos mentalizar...
UMA FELIZ FESTA NATALINA E UM ANO NOVO DE MUITA SAÚDE E PROSPERIDADE!
 
 Foto > Tina...

Alquimista!!!


Alquimista!!!
 
Foto e Edição > Tina...

No despertar do Sol...


No despertar do Sol...

A eternidade do instante vivido...
Nos gritos calados da sedução...
Com trilhas de segredos mistérios......

Reflexos de brilhos no olhar diferente...
Que se escondem nos quintais madrugadores...
No tempo de pedaços de um tempo...
Esperando o barco aportar no horizonte mar...
Com a boca alargada pelo sorriso da chegada...
E os olhos com olhar do imprevisível...
Que atravessam as águas dos segredos...
No destino do tempo ilimitado...
Ah!... Paraísos do aqui agora...
Embriagados de prazeres em horas incertas...
Voam as gaivotas em voos de espera...
Nas ausências que pressentem e se sentem...
Com um vendaval de emoções repetidas...
No sorriso dentro dos sorrisos do sol que desperta...


Foto > Tina...

Nas águas serenas do mar!!!


Nas águas serenas do mar!!!

E no amanhecer sonolento te procurei...
e você veio + brilhante do que nunca...
rasgando as nuvens que teimavam em te esconder... ...

+ você não teve medo... você veio...
Acordei com você aquecendo a minha pele...
abrindo-me de novo a alma...
despertando em mim sentimentos adormecidos...
ajudando-me a viver...
Às vezes é difícil voltar nas lembranças da dor...
+ se preciso for para ser feliz...
eu sempre voltarei...
Renascerei naquela areia por onde já andei...
ficarei coladinha a você...
sorrirei dentro do teu sorriso...
sentirei o teu calor...
estarei sempre com você...
sentindo que me aqueces me lembrando de que existo...
Sei que no agora estou reabrindo uma janela...
que amanhã pode se fechar...
quando a noite teimar em reinar...
quando o vento não quiser mais ventar...
quando a lua não quiser mais luar...
quando nuvens negras em cumplicidade com a tristeza...
se abrirem em torrentes de lágrimas...
Só te peço sempre meu sol...
nunca deixe de vim...
nessas primeiras horas...
iluminar as águas serenas do meu mar...

 
 Foto > Tina...

Um Poema?

 
Um Poema?
 
Foto e Edição > Tina...

Voar...

Voar...
 
> Voar... meu lugar é o céu... entre as nuvens... rumo ao sol... vivendo o infinito...
> Voar... meus pés são asas... meu coração gigante... meus olhos faróis... iluminando horizontes...
> Voar... vem comigo.... reservo em mim... um espaço... só para você...
 
Foto > Tina...

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

+ uma partida... com volta marcada...


+ uma partida... com volta marcada...
 
Foto e Edição > Tina...

Flores não morrem!!!


Flores não morrem!!!
 
Foto e Edição > Tina...

Minha Vida Lua...

 
MINHA VIDA LUA... 

Lua da Minha Vida!
Você veio... não se esqueceu de mim... e na noite madrugada escuto o som das tuas palavras... quando rompendo a escuridão... cantas para mim... acompanhada por um coro de estrelas... numa grande sinfonia...
Lua da Minha Vida!...
Quando olho para o infinito... vejo-te vindo para mim... trazendo teu tímido sorriso... através do teu brilho luar...
Lua da Minha Vida!
Imagino o teu olhar... sinto o teu cheiro... lembro a tua forma de sorrir... escuto até os teus silêncios... que às vezes me fazem [chorar]...
Lua da Minha Vida!
Peço-te... nunca se esqueças de me abraçar... de me dar o teu melhor... e de fazer das minhas noites solitárias... motivos de te esperar e te [amar]...
Lua da Minha Vida!
Sempre te espero... sempre te quero... sempre te sinto... sempre te escuto em uma noturna melodia de um vento inquieto...
Lua da Minha Vida!
Quando converso com a estrela da janela... peço que ela te acompanhe... brilhe muito no teu caminho... e te traga para mim...
Lua da Minha Vida!
Prometo que estarei sempre aqui... e um dia criarei asas e voarei para aí... + onde eu estiver... tenha certeza ficarei a te esperar...
Lua da Minha Vida! <> Minha Vida Lua!

Foto e Poema > Tina...

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

<(*_*)>

<(*_*)>

As opiniões... as ideias... as conclusões... são como as linhas nos pensamentos de cada [humano]...
Cada um segue a sua linha de pensamento... que pode muito bem ser paralela com muitas outras...
+ como paralelas que são... nunca ...
irão se tocar... + pode haver um entendimento... uma compreensão do outro...
E é aí que entra a [tolerância] e o [respeito]...
Saber ouvir... é muitas vezes muito + importante do que saber falar...
E quando as opiniões não concordam entre si... não há que se entrar em conflito... + simplesmente tentar perceber... tentar fazer o outro perceber... ou apenas ignorar...
Há muitas opiniões... que as vezes não entendo... e escolho deliberadamente ignorar...
Por exemplo... os comentários maldosos e muitas vezes anônimos... as agressões gratuitas por conclusões precipitadas... e que não acrescentam nada...
Então escolho ignorar... [talvez excluir]... sem chance de reciclar... e só emitir pensamentos positivos... desejando sempre muita paz de espírito... e vida longa para sua estrela brilhar...
Então!... Veja bem... antes de atirar [pedras]... pare e pense se vale o esforço... de pegar nelas... e juntar forças para atirá-las...
[Reflita] que... muitas vezes... ou quase todas... não vale a pena tal atitude...
Então se não [gosta]... se não [confia]... se não [acredita] nas palavras e nas imagens postadas... então nem venha aqui... nem tenha o trabalho de ver/ler...
+ por via das dúvidas e oscilações de sentimentos... deixarei o portão encostado e o cadeado semiaberto... ^^

 
Foto > Tina...

domingo, 31 de agosto de 2014

Na noite quase madrugada!!!


Na noite quase madrugada!!!

Te prepara... hoje à noite... eu vou...
te visitar em teus sonhos...
para te falar de vontades guardadas em mim...
te esperar em meus sonhos...
para me embriagar de luares nas tolas noites de espera...
te abraçar em teus sonhos...
para ser o fogo da tua fogueira...
e te esquentar no tempo frio que te faz tremer...
te fazer carinhos em meus sonhos...
para te sentir aqui juntinho a mim...
te beijar em teus sonhos...
para... beber tuas palavras numa taça invisível...

Te prepara... hoje à noite... eu vou...
te visitar em teus sonhos...
para te contar certos segredos da misteriosa lua...
te falar baixinho sobre os desejos do sol ao partir...
para os horizontes do universo...
rir bastante contigo... para inebriados de prazer...
trocarmos palavras cifradas de desejos...
te dar asas de brilhos...
para voarmos até o céu das estrelas preguiçosas...
e preguiçarmos também...

Te prepara... hoje à noite... eu vou...
já na quase madrugada... habitar em teus sonhos...
ficar te olhando demoradamente... com o olhar do gostar...
te fazer carinhos...
viajando em sonhos teus dentro de sonhos meus...
te beijar... [assim assim]...
só para ter um sorriso todo teu... só para mim...
te embalar nos teus sonhos...
cantarolando ao som da melodia do coração...

Foto e Poema > Tina... ^^

Sombra Especial!!!


Vagando pela imensa floresta perfumada... segue sonhando sonhos arco-íris em plena escuridão...
Pinta suas telas de tramas tramadas... em folhas de um velho jornal do passado...
Abusa das cores misturadas ao negro da cor... para colorir o branco pálido do corpo esquecido...
Deixa fluir em seus pensamentos... as figuras de formas imaginárias... que alimentam seus desejos no mistério do ser...
Vai criando histórias no tempo... reinventando as palavras de prazer... que choram com lágrimas de diamantes rasgando o coração... em versos negros de poemas para almas solitárias...
No silêncio que se faz nas madrugadas... inspira-se em musas desnudas... que explodem como bolhas nas labaredas do seu fogo inquieto... enquanto sopra um instrumento envelhecido... compondo uma melodia que pode ser imortal...
E em momentos de um tempo qualquer... às vezes se deixa seduzir... pelo canto de um anjo [invisível] que lhe faz companhia...
No seu mundo de sonhos triplicados... segue rabiscando palavras perdidas... que são [roubadas] nas noites solitárias e frias... quando são jogadas ao vento... como beijos que desejam outros beijos...
Nessa luta noturna vai trançando as suas palavras... com as flores que nunca serão enviadas... e ao som contagiante do eco dos corpos que minam desejos... executa do seu jeito a dança do prazer...
E nas madrugadas em que sente a [alma negra]... procura se iluminar na escuridão das solidões do tempo... criando seus abismos em palavras... com gosto de quero sempre mais...
Mas será para sempre uma sombra que... ao vestir o manto negro da noite... e ouvir o meloso som do dengo na voz... provoca arrepios e se deixa arrepiar... pois já tatuou em [si] o prazer de ser...
Uma Sombra Especial...

Poema e Edição de Imagem > Tina... ^^
 

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Afinal... o que faz a beleza da flor?

Afinal... o que faz a beleza da flor?
Como uma [negra] rosa no jardim secreto dos sonhos...
Exala sem pudor o aroma dos desejos inquietos...
Enquanto é regada com o orvalho das lágrimas cristalinas...
E desenhando um [jeitinho] invisível de ser...
Segue brilhando nas noites enluaradas...
Refletindo os raios de um sentimento solitário...
Com o seu prazer de ser uma flor diferente...
Dentre as [outras] de cores tão arco-íris...
Rabisca na areia molhada suas misteriosas [histórias]...
Cheias de enredos enigmáticos e [atrapalhados]...
Enquanto a quietude noturna se faz...
No silêncio de uma melodia de sons indefinidos...
Fica a esperar com paciência a passagem no tempo...
Para o encontro marcado ao amanhecer...
Com o jardineiro das doces e sedutoras palavras...
Que embriaga com seu [orvalho] o perfume da flor...

Edição de Imagem > Tina... > Art's & Fantasy...

terça-feira, 29 de julho de 2014

* A [vida] é assim...


A [vida] é assim...
Há momentos que o [tempo] vez em quando nos deixa perplexos...
Olhos crivado em um horizonte distante e nublado...
Pensamentos bloqueados numa obscuridade da mente...
Imagens contidas numa engrenagem caótica do acontecido...
Espelho trincado retratando com lágrimas... o lado escuro de um desejo frustrado...
Flechas venenosas atiradas como raios... rompendo as negras nuvens no céu...
Golpes obscuros e fatais... riscando com ponta de aço... as cores arco-íris do ansioso coração...
E que por ser tão [coração] esquece que o desejo muito desejado... nem sempre resulta no prazer sonhado...
 
Imagem by Google

* Hoje e [sempre] você pode tudo... menos chorar e ficar triste...

 
* Hoje e [sempre] você pode tudo... menos chorar e ficar triste...

Você pode...
sonhar um sonho só seu e se apaixonar por ele...
ter um talento todo seu e realizar com prazer...
viajar curtindo as trilhas sem pensar na chegada......

sentir-se muito bem sem pensar no que dizem...
viver suas saudades do seu jeito pois elas são suas...
ter suas fontes de inspiração e usá-las como desejar...
sentir suas dores e vivenciá-las do seu jeitinho...
pensar bobagens saudáveis e ir sobrevivendo...
acordar cedinho para nascer com o sol...
apaixonar-se por alguém pois o coração é seu...
elaborar seu projeto de vida e acreditar...
Você pode...
ser muito feliz não importa como sonhas...
pois felicidade você tem de sobra aí dentro de você...
o poder de decisão só a você pertence...
e no final a escolha é toda sua... ^^


Foto e Poema > Tina...

* Tua luz sempre brilhará!

 
* Tua luz sempre brilhará!

Tua [luz] brilha sempre... mesmo quando não queres...
Tu podes tentar... até se esconder...
Cobrindo com a negra escuridão... a tua estrela [lilás]...
Nublando com nuvens cinzas... o teu céu azul na cor......

Para que nele... nem a lua e nem o sol possam ser vistos...
Ah!... + quando o [silêncio] te distrair...
Ah!... O som de uma muda canção...
Te fará...
Invocar a luz do amor...
Sonhar com o verde do mar...
Brincar com a brisa do vento...
Olhar para a pálida lua cruzar com o dourado sol...
E pensar em ser [assim]... sempre [assim]...
Revivendo momentos felizes...
Sentindo como é bom brilhar... dentro das [vidas]...
E... neste momento... abrir as longas asas...
E como um pássaro de fogo... voar rumo ao universo interior...
E com certeza ver... como é luminoso o invisível do ser...
Sentir as mãos amorosas da vida... guiando as trilhas do coração...
Ensinando a amar... e ser feliz sempre...
Sabendo... que nunca  ficará sozinho...
Sabendo... que sempre  será amado...
Sabendo... que nunca  será esquecido... ^^

 
Foto e Poema > Tina...

segunda-feira, 23 de junho de 2014

* A voz do Mar...

* A voz do Mar...

Um mundo cheio de mistérios...
Um universo cheio de encantos...
O mar que é só ele mesmo...
Aquele que se embala em lindas canções... ...

E que faz a vida ser pura emoção...
O mar que transforma uma simples manhã...
Em um dia de muita paz... e harmonia...
Mesmo quando se fecha... numa caixinha de neblina...
Vai vivendo seu dia de forma feliz... como acha que deve ser...
O mar que tem seus segredos...
Mas também tem seus medos...
E mesmo assim segue em frente...
Vivendo e deixando viver...
O mar que encanta pela sua beleza... pelo seus tons...
Pela sua forma amiga... de se fazer presente...
Nos momentos necessários... e preciosos da vida...
O mar que nos ouve paciente... nos brinda com os seus sons...
Que nos diz um sim ou um não... de forma carinhosa e terna...
E só depende de nós... querer ouvir...
Pois ele nos fala... com a voz do coração...

 
Poema e Foto > Tina...

* Olhar!!!

* Olhar!!!
 
Fotos e Edição > Tina...

Desacelere...

Desacelere...
 
Foto e Edição > Tina...

* Aqui estou...

* Aqui estou...

O amor... e a morte... sempre chegam sem avisar...
Quando menos se espera... dizem [ aqui estou ]...
E por uma fresta qualquer.... entram em nossa vida...
E com uma leve caricia... a voz suave... e paixão......

Nos seduz... nos mata... ou faz flutuar...
Escraviza nossa alma... nos puxando para outra dimensão...
Com eles... seremos sempre assim...
Abismo... que beira a loucura... ou barco perdido no mar...

Poema e Foto > Tina...

* Nos meus sonhos...

* Nos meus sonhos...

Com meus olhos de sonhos... eu te vejo... como um lindo beija-flor... a procura da flor mais perfumada do jardim...
Com meus lábios de sonhos... eu te beijo... como os raios do sol no amanhecer... a procura da água do ...
mar...
Com meus braços de sonhos... eu te abraço... como a brisa suave do mar... a procura da gaivota dourada...
Com meus pensamentos de sonhos... eu te sinto... como um anjo com asas de luz... a procura de momentos de paz...
 
Poema e Foto > Tina...

Alma de Anjo...

Alma de Anjo...

Sonhos vividos... sentidos... sonhados...
Mistérios do tempo... de um negro tempo...
Perigos... imaginários... desconhecidos em devaneios...
Alma perdida... dilacerada......

Peito gemendo... coração sangrando...
Indiferenças no ar...
Confusões nos pensamentos...
Desejos guardados...
Vontades camufladas...
Palavras são ditas... benditas...
* Te gosto muito...
* Também te gosto + ainda...

Quando essas palavras foram sussurradas?...
Que vento trouxe essa mensagem?...
Que ventania respondeu?...
Onde estar o mar que tudo escutou?...
Qual foi a lua que inspirou?...
Responde...
Nesse dia como estava o brilho do sol?...
E o amanhecer como foi?...
Tinha muito canto de pássaros?...
Ou era só silencio?...
Que melodia se escutava no ar?...
Responde.
Era uma noite de escuridão?...
Ou tinha um lindo luar?...
As estrelas eram as cumplices?...
Ou eram as [culpadas]?...
Só você pode responder...
Só você pode saber...
Afinal!...
Você tem alma de Anjo... ^^

Poema e Edição > Tina...
Imagem > Art's y Fantasy...

terça-feira, 27 de maio de 2014

Coração sonhador...

 
Foto e Edição > Tina...

Sempre!

 
Foto e Edição > Tina...

E nunca fique triste...

Foto e Edição > Tina...

* Lua de arco-íris!

* Lua de arco-íris!
 
Lua... colorida nos sonhos do arco-íris...
Lua... da noite escura e silenciosa...
Mesclada... e tão brilhante...
Flutua... no céu tão pensativa......

Deixando no ar... um certo mistério...
Subindo... sem muita pressa...
Espalhando... sua luz tão pura...
Na praia... e nas folhas dos coqueirais...
Lua enluarada... e tão transparente...
Fica... brincando com as nuvens...
Sempre acompanhada... de lindas estrelas...
E com um sorriso... só seu...
Mandando... seus raios serenos e brilhantes...
Como quem... deseja falar só um recadinho...
Para... o infinito céu dos apaixonados...
Lua... da noite encantada...
Como gosto... gostar de você...

 
Foto > Tina...

*... e era um sonho sonhando amor!!!

*... e era um sonho sonhando amor!!!
 
encontrei pedaçinhos de versos teus...
escondidos entre o nascer e o pôr do sol...
molhados com gotas do orvalho frio no amanhecer sonolento...
delirando embriagados pelo aroma suave das flores nos jard
ins...
desejando abraços de laços para se amarrar...

encontrei pedaçinhos de versos teus...
desenhados nas cores do arco-íris da tarde chuvosa...
revestidos de sons melodiosos dos ventos que surgem do mar...
iluminados pela luz da tímida lua na praia dos enamorados...
refletidos na transparência de lágrimas cristalinas...

encontrei pedaçinhos de versos teus...
se afogando nas águas mornas do nosso mar...
gravados nos muros dos [castelos] dos nossos sonhos...
na melodia que ecoa nas trilhas sombrias das florestas...
nos lábios trêmulos e desejosos do beijo [imortal]...

encontrei pedaçinhos de versos teus...
nos labirintos secretos dos desejos...
em palavras rabiscadas nas paginas daquele velho caderno...
no coração que bate atrapalhado d+...
nas lembranças e nos risos dos tímidos sorrisos...
nas lágrimas quentes e salgadas do prazer...
ah!... rsrs... sei lá...
...
acordei...
... era um sonho sonhando [amor]...

 
Foto > Tina...

* O [mistério] da vida é assim...

* O [mistério] da vida é assim...
 
Há [despedidas] que nunca terminam...
Há [partidas] que nunca tem destinos...
Há [chegadas] que nunca teve partidas...
Há [encontros] que nunca tem fim......

Será?... ^^

Foto > Tina...

quarta-feira, 30 de abril de 2014

* Veja bem!


* Veja bem!

Lançando palavras... nos palcos abismos do cotidiano…
Estrelas surgem... com cores de brilhos [neon]...
Despertando sorrisos... em lábios trêmulos...
Murmúrios de palavras [mudas]... em bocas sedentas de voz... ...

Pensamentos morando... em mirantes sagrados da vida...
Vivendo a escuridão [infernal]... no Eu indefinido...
Caminhos sem atalhos... na longa travessia...
Como línguas de fogo em ventos finais... devorando o [escuro]...
Desejando os sentimentos... da gaivota liberdade...
Horas de silêncio [ruidoso]... no desafio de um poema sem rima...
Escrito nos delírios... de corações sempre apaixonados...
Performance [mortal]... de um ato repetido na dor...
Encenação até a exaustão... nos palcos da frágil existência...
Ecoando... nas noites dos sonhos da liberdade [eterna]...
Vivendo... de encontros e desencontros...
Aspirando... ser a história no tempo de horas [insanas]...
Acordando... no sopro brisa das manhãs sonolentas...
Trazendo nos vermelhos lábios... o sorriso do [palhaço] triste...
Que mergulha sem noção... em oceanos sem horizontes...
Bebendo da luz do sol... o [néctar] da vida...
E nas palavras navegantes da alma... explode em poesias...
Dentro de um peito... que no agora... só sonha em [viver]...

Poema e Foto > Tina...

* Eterna Poesia!


 

* Eterna Poesia!
... é para tua vida... que te dou estrelas em noites de luar
... é para teus sonhos... que no meu silêncio conto o segredo dos ventos
... é para tua felicidade... que pinto sempre o sol dourando o teu amanhecer
... é para t...eu gostar... que o meu coração bate em um compasso [atrapalhado]
... é para tua saudade... que a melodia [imortal] nunca para de tocar
... é para o teu jardim... que só planto flores cores de arco-íris
... é para não te esquecer... que faço do meu viver uma [eterna poesia]
... é para ti... [sempre]... que o [amor] não morrerá nunca...

Poema e Foto > Tina...

Noite de Lua Dourada!!!

 
Noite de Lua Dourada!!!

Noite de vida cigana com perfumes de banho de cheiro...
Noite de melodia suave com sons de murmúrios vindo do mar...
Noite de [lua dourada] que cativa com um brilho feiticeiro...
Noite de sorrisos que choram nos silêncios inspiradores...
Noite de alegrias que não sentem saudades das tristezas...
Noite de maresia que se evapora com o vento que vem de lá...
Noite de encantamento das magias esperando a hora fatal...
Noite de calmaria cheia de emoções que fazem sonhar...
Noite de trilhas nas sombras aonde as angústias vão se perder...
Noite de caminhos mistérios guardando segredos de amor...
Noite de silêncio na alma a espera de um novo amanhecer...

Poema e Foto > Tina...

sábado, 15 de março de 2014

* Anoitecendo madrugadas!!!


* Anoitecendo madrugadas!!!

 As lágrimas[negras] escorrem na triste face...
como rios sem rumo...
Os lábios se vestem de um [roxo-azulado]...
no indefinido da cor...
Os olhos refletem um sentimento [triste]...
aninhado no vazio do peito......
Tomando de [surpresa] o coração...
que chora baixinho o lamento da dor...
E a vida envolvida em [mistérios]...
vai sendo rabiscada em histórias de sombras...
Enquanto o [tempo] do silêncio...
vai anoitecendo madrugadas...
Fazendo com versos de palavras [soturnas]...
um poema inquieto e inacabado...
 
Texto e Fotomontagem > Tina... Imagem > Art y Fantasy...

[Labirintos] de escuridão!

[Labirintos] de escuridão!

Na noite madrugada do alto daquela [janela]...
se vê que a cidade dorme...
enquanto luzes ao longe brilham... ...

querendo ser como [estrelas]...
pensamentos se misturam com outros pensamentos...
provocando ruídos [soturnos]...
e a noite caminhando à passos lentos...
segue percorrendo [labirintos] de escuridão...
invadindo os silêncios [travestidos] do medo...
desejando só alcançar um novo amanhecer...
 

Texto e edição > Tina... Imagem – Art y Fantasy...

Leito [Mortal]...

Leito [Mortal]...
 
Uma [sombra] sem cor invade a luz da palavra...
e teima em ser eco no tempo da noite...
dançando lentamente... ...

como chamas de uma [negra] vela refletida no opaco espelho...
embriagando-se com um vinho imaginário...
manchando de vermelho batom a taça de cristal...
enquanto o [desejo] vai se apoderando...
do inerte corpo que jaz quieto no leito [mortal]...
provocando arrepios de [prazer]...
e rios de águas perfumadas no jardim da flor...

 
Texto e Edição > Tina... Imagem > Music-Fuck-Art-Pic...

Colorindo!!!

Colorindo!!!
 
Texto e Foto > Tina...

Acordando para a vida!!!

Acordando para a vida!!!

Enquanto nesse compasso de espera...
na madrugada [insone]...
os pensamentos [nus] se banham... ...

nas águas de sombras negras...
desejando que os raios de sol...
penetrem pelas cortinas [cerradas]...
trazendo no seu dourado...
tudo aquilo que fará ser um pouquinho feliz...
acordando para a vida...
e desejando que a [sombra do medo]...
se torne invisível para sempre...

Texto e Foto > Tina...

[Rabiscos] das palavras...

[Rabiscos] das palavras...
 
E no [tempo] onde os sentimentos se fundem...
como as águas de uma fina chuva...
os pensamentos se apoderam dos [corações]... ...

que se alvoroçam com os [rabiscos] das palavras...
com os sons da firme voz...
e [quem sabe]...
com as recordações de momentos [reais]...
e que de tanto prazer...
se deixam levar pelas emoções...
explodindo em [revelações]...
enquanto só desejam...
dentro da sua [caixinha] de vaidade...
mostrar o verdadeiro [troféu]...

 
Texto e Edição > Tina... Imagem > Music-Funk-Art-Pic...

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Se eu pudesse voar agora!!!


Se eu pudesse voar agora!!!
Queria ser o pássaro [cinza]... o guardião dos desejos...
Sobrevoar a praia dos sonhos... sob a luz alaranjada do pôr do sol...
Levar meu [barulho] inquieto... para tocar o teu [silêncio]...
Ter para mim o teu tudo... no meu tempo desejado...
Pousar em jardins perfumados... repletos de flores arco-íris...
Refletir em vários lábios... os sorrisos de bocas coloridas...
Eternizar o meu voo... no tempo do eu e do tu...
Invadir teu coração... e fazer nele o meu ninho preferido...
 Foto  > Tina...

Estrelas que sabem ri!


Estrelas que sabem ri!
“À noite, tu olharás as estrelas...
Aquela onde moro é muito pequena para que eu possa te mostrar...
É melhor assim...
Minha estrela será para ti qualquer uma das estrelas...
Assim, gostarás de olhar todas elas...
Serão, todas, tuas amigas...
E, também, eu lhe darei um presente...
E ele riu outra vez.
- Meu querido amigo, como eu gosto de ouvir esse [riso]!
- Pois é ele o meu [presente]...
- Será como a água...
- Que queres dizer?
Ah!... Que eu também olharei as estrelas...
Todas as estrelas serão como poços com uma roldana enferrujada.
E todas as estrelas nos darão de beber...
As pessoas veem as estrelas de maneira diferente...
Para aqueles que viajam, as estrelas são guias...
Para outros, elas não passam de pequenas luzes...
Para os sábios, elas são problemas...
Mas todas essas estrelas se calam...
Tu, porém, terás estrelas como ninguém as teve...
Quando olhares o céu à noite, [eu] estarei habitando uma delas, e de lá estarei rindo...
Então será, para ti, como se todas as estrelas rissem!
Dessa forma, [tu], somente tu, terás estrelas que sabem ri!”

{Antoine de Saint-Exupéry - O Pequeno Príncipe}

Foto > Tina...

No [tempo] da lua!!!

No [tempo] da lua!!!
 
Quando o tempo da lua cheia... chegar por aqui no [meu] céu...
Vou repensar o tempo meu... guardado no tempo teu...
Vou fazer de conta que tudo posso... ouvindo a voz do coração...
Vou acreditar nas palavras que [roubei] do distraído vento... enquanto passeava nas trilhas [mistérios]...
Vou plantar jardins noturnos de negras flores... com o aroma feitiço do orvalho no amanhecer...
Vou descalça pelas ruas desertas e silenciosas da noite... dançar um bailado secreto...
Vou cantarolar uma melodia do coração... para a tristeza abraçar na chegada a fiel alegria...
Vou correr nas areias frias da praia... ao ritmo preguiçoso das ondas do mar...
Vou gritar no silêncio da noite e meia... para ouvir o eco do lamento na partida...
Vou trocar o remédio que diz [curar]... pela taça de vinho que embriaga...
Vou chorar todas as lágrimas da saudade... para só ter prazer quando o sorriso do riso gargalhar...
Vou tomar banho na chuva inesperada do fim de tarde... e mergulhar nas águas mornas do mar...
Ah!!!... Se vou?
Vou sim...
[Si’m]... Mesmo que o [Sil’êncio] teime em reinar...
Afinal o [tempo] da lua aí está... e esse [tempo] também é meu!!!
 
Fotomontagem > Tina... Imagem > Art's y Fantasy...
 

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

E ser feliz... cada um do seu jeito!


E ser feliz... cada um do seu jeito!
Vamos! Agora sim!
Ser você e meditar sobre a vida... as suas dores e delicias...
Meditar sobre o que foi... e sobre o que será...
Meditar sobre o que nunca foi meditado... e [viajar] no secreto do seu EU...
Mergulhar como [gaivota] no voo do agora... com o pensamento recheado do bem...
Espalhar a energia do amor... para todas as dimensões...
Construir e partilhar os [saberes]... sobre as trilhas dos caminhos em evolução...
Proporcionar momentos de reflexão... evocando a luz da saúde e da paz...
Se revestir de serenidade e sabedoria... como quem busca o ar que respira...
Organizar as [escolhas]... e receber com dignidade e generosidade as [consequências]...
Não alimentar magoas e rancores... com os desfechos tristes das [histórias] que viveu...
E ser feliz sempre... cada um do seu jeito!!!
 
Fotomontagem > Tina...

Dentro da Noite!!!


Dentro da Noite!!!
*... melhor calar...
deixar o silêncio reinar... no mundo dos [sonhos]...
amadurecer tudo que já foi falado... escrito... sonhado...
deixar as palavras ganharem [saudades]...
muitas... de mim... de ti... de nós...
serenar a mente... e o coração...
acalmar o corpo febril... e os dedos inquietos...
olhar o adiante... sentindo o prazer do agora...
fechar os olhos... ouvir tua voz...
e morder os lábios com vontades...
cobrir o corpo seminu... com o manto frio da noite...
fingir não vê estrelas no céu...
para abraçar com desejos a imensa escuridão...
parar de respirar... ficar imóvel...
muito quieta... para te ouvir... dentro do silêncio que se faz...
guardar as palavras que restam... plantá-las no coração...
e cuidar com muito carinho... para que não fujam por aí...

Fotomontagem > Tina... Imagem > Art’s y Fantasy...

Vá!!!



Não tenha medo... vá!!!
... dê movimento a tua vida
... é sempre tempo de recomeçar
... evite ter medo e acredita
... você é forte e é luz
... não espere uma formula [certa] para agir
... "ouça o coração do mundo"
... o universo conspira a teu favor
... voa rumo ao infinito
... estarei sempre aqui
... "mas não mude nunca a tua essência"
... "é ela que te faz ser uma [pessoa especial]"
 
 Foto > Tina...

* Vida arco-íris...


* Vida arco-íris...
Vida colorida... minha...
Cor de arco-íris... minha...
Cada cor... uma emoção...
Preto... não existe... pura imaginação...
Branco... na Paz... todo coração...
Vida colorida... minha...
Beleza na alma...
Reflexos da mente...
Músicas...
Poesias...
Carinhos...
Momentos...
Sentimentos...
Saudades...
Felicidade...
Amor...
Você...
 
Foto > Tina...

Palavras Versos!!!


Palavras Versos!!!
Lua cheia [dourando] o céu na noite madrugada...
No derradeiro [pedaço das horas] que aguarda o sol...
Vestida com o prazer [nostálgico] que a vida deu...
E lendo as palavras [roubadas] dos versos daquele poeta...
Desejando!
Não só um poeta...
Não qualquer poeta...
+ sim... aquele poeta...
Não só um verso...
Não qualquer verso...
+ sim... aqueles versos...
Não só uma palavra...
+ sim... aquelas palavras...
Palavras que rabiscadas e gravadas em um papel de pano...
Traduzem sentimentos em [palavras versos] do poeta...
Que com seus [ruídos sutis] no eco do silêncio... cala as vozes inquietas...
Não com qualquer palavra... nem qualquer verso... nem como qualquer poeta...
+ sim com o [barulho] de um vento atrevido... nas madrugadas insones e cheias de vontades...
Vivendo em um [sonho sonhado]... e desejando sempre...
aquelas palavras... aqueles versos... e o sedutor poeta...

Foto > Tina...